John Urry (1946-2016)

Urry.png

A sociologia está de luto. No dia 18 de março de 2016 morreu John Urry. Decano da Universidade de Lancaster, foi um dos mais influentes sociólogos britânicos das últimas décadas do século XX e do início do século XXI. A par de Anthony Giddens e de outros autores muito associados à revista Theory, Culture and Society, moldou indelevelmente o pensamento sobre as sociedades da “modernidade radicalizada”. É um autor particularmente importante para a sociologia do ambiente, mas também do espaço e da mobilidade, e mesmo para a geografia.

Apesar de trabalhos anteriores sobre classes e capitalismo, é com The tourist gaze em 1990 (objeto de uma segunda edição em 2002 e uma terceira, extensamente revista, em 2012) que ganha mais notoriedade. Esta obra de referência sobre a construção da experiência turística e a mercantilização do património proporciona uma leitura absorvente, ao combinar abordagens históricas, económicas, sociais, culturais e visuais. Sustentada em abundantes exemplos de distintas proveniências no tempo e no espaço, mostra como as transformações do turismo refletem as mudanças mais vastas nas sociedades.

Em Contested Natures e Bodies of Nature (ambos com Phil Macnaghten), de 1998 e 2001 respetivamente, Urry redireciona a sua atenção para a construção de uma pluralidade de “naturezas” a partir de processos socioculturais, baseados em práticas sociais que as produzem, reproduzem e transformam. Estas práticas da vida quotidiana incluem formas de conhecimento e estruturam as respostas das pessoas ao que é “natural”.

Mas a partir de 2004 é a mobilidade que se torna o eixo principal do seu trabalho. Propondo a mobilidade como um novo paradigma para as ciências sociais, dada a centralidade do movimento de pessoas, bens, informação e ideias nas sociedades contemporâneas, dedica-se a examinar os vários sistemas que a compõem, incluindo a “automobilidade”, o domínio quase absoluto do automóvel sobre a economia e a sociedade, intimamente associada à “cultura afetiva individualista, consumista do capitalismo contemporâneo”. Trabalhos posteriores exploram a relação entre mobilidade e alterações climáticas, o potencial impacto de tecnologias industriais inovadoras (impressão 3D) no transporte global de bens ou a deslocalização (offshoring) de capitais, atividades, resíduos, problemas ambientais, energia e trabalho sem direitos laborais.

Em 2011, John Urry fez uma emocionante palestra de abertura no 10º congresso da European Sociological Association (apropriadamente dedicado ao tema das relações sociais em tempos de turbulência), em Genebra, sobre os riscos do “pico da energia” para a Europa social e os cenários apocalípticos (ao estilo Mad Max) que se poderiam seguir. Viria a desenvolver este tema num artigo para um Discussion Meeting Issue da mais antiga revista científica do mundo, a Philosophical Transactions of the Royal Society, e nos seus dois livros seguintes: Climate Change and Society (2011) e Societies Beyond Oil (2013).

Esta preocupação crescente com os desafios e os “problemas perversos” (wicked problems) que assolam as sociedades modernas culmina na criação, em 2015, do Institute for Social Futures (de que era codiretor), dedicado à investigação interdisciplinar, que tem por objetivo aliar os contributos das ciências sociais e humanidades aos da ciência, tecnologia, saúde e gestão na reflexão sobre os futuros possíveis da humanidade, trazendo para o centro da análise as instituições, práticas e vidas sociais.

Não há edições portuguesas dos livros de John Urry. No entanto, a sua obra é amplamente divulgada nas bibliografias dos cursos de ciências sociais e citada na produção científica portuguesa sobre os temas acima referidos. Esteve em Portugal em 2007, para uma dupla conferência na Faculdade de Letras da Universidade do Porto sobre cidades do espetáculo e mobilidades e sociabilidades.

Anúncios

Comentar / Leave a Reply

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s