Uma agenda social para as alterações climáticas: CLIMA EXPO 360 e Conferência no MNHNC

Carla Gomes

A necessidade de criar em Portugal uma verdadeira agenda social para as alterações climáticas ficou como uma das grandes questões em aberto da conferência ‘Alterações Climáticas: por onde passa o futuro próximo?’, que teve lugar no Museu Nacional de História Natural e da Ciência (MNHNC). A conferência, que contou com a participação de investigadores franceses e portugueses, realizou-se em paralelo com a inauguração da Exposição CLIMA EXPO 360, que pode ser visitada no museu até 28 de Fevereiro. A inauguração contou com a presença do Ministro do Ambiente e do Embaixador de França.

ics_exposicaoclima_imagemevento

Poucos dias após a Conferência Global sobre as Alterações Climáticas (COP22), que terminou a 18 de Novembro em Marraquexe, o painel de cientistas convidados trouxe à discussão os principais desafios que se colocam atualmente nas frentes da mitigação e da adaptação. Filipe Duarte Santos, da Faculdade de Ciências da ULisboa, apresentou os cenários possíveis para as alterações climáticas, bem como as suas consequências sociais e económicas, nas próximas décadas. Júlia Seixas, investigadora da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa, abordou as estratégias e medidas necessárias a uma economia de baixo carbono, em áreas como a energia ou os transportes.

Um dos cientistas franceses convidados, Jean Robert Petit, é um dos pioneiros na investigação das temperaturas históricas nas calotes polares da Antártida. Petit, investigador da Université Joseph Fourier e do Centro Nacional de Investigação Científica de França (CNRS), demonstrou de uma forma clara e pormenorizada os passos que têm permitido aos cientistas distinguir os efeitos da atividade humana no aumento da temperatura que se verificou no último século.

Franck Courchamp – CNRS e Université Paris-Sud-Orsay – trouxe à discussão uma das maiores ameaças que o aquecimento global representa para o futuro da economia global e das sociedades humanas: a expansão de espécies invasoras de insetos. Com o aumento da mobilidade de pessoas e mercadorias por todo o mundo, tem disparado o número de espécies invasoras na Europa. O aumento da temperatura cria condições ideais para a proliferação destes insetos em regiões onde antes estes teriam dificuldade em sobreviver. Entre mais de 200 espécies invasoras que atualmente se encontram na Europa, a vespa asiática é a que se tem expandido com maior rapidez, pondo em causa as espécies de abelhas autóctones, essenciais à agricultura (80% das culturas requerem polinização animal). Este fenómeno é exemplo das consequências que os insetos invasores podem ter para a biodiversidade, os ecossistemas, a produção de alimentos e a saúde humana.

Perante estes desafios, cientistas e audiência debateram a necessidade de criar uma verdadeira agenda social para as alterações climáticas, bem como outros aspetos cruciais para enfrentar este desafio global, entre eles melhorar a articulação entre os cientistas e a comunicação social. A tecnologia, só por si, não será nunca suficiente para descarbonizar a economia. Há fatores determinantes, como o custo das tecnologias e a disponibilidade dos cidadãos para mudarem práticas e estilos de vida, ressalvou Júlia Seixas, lançando para o debate a falta de uma agenda social para as alterações climáticas em Portugal.

A iniciativa foi organizada, em parceria, pela Embaixada de França, o Instituto Francês de Portugal, o Programa Doutoral em Alterações Climáticas e Políticas de Desenvolvimento Sustentável, o Instituto de Ciências Sociais e o MNHNC, ambos da Universidade de Lisboa.

A CLIMA EXPO 360, uma criação original do Universcience – Science Actualités, foi concebida originalmente para a COP21 (Paris, 2015), em parceria com a AJSPI (Associação de Jornalistas de Ciência de França), e tem percorrido diversos países do mundo. Chega agora a Portugal, em versão bilíngue português-francês. Através de uma série de painéis temáticos e de vídeos, a mostra pretende dar uma visão panorâmica, a 360 graus, sobre o que as alterações climáticas representam, atualmente, para a Humanidade e o planeta Terra.

A exposição multimédia, que inclui também informação específica sobre o caso português, está organizada em torno de quatro vertentes: o aquecimento global – diagnóstico e impactos; as causas do aquecimento global e a responsabilidade humana; os cenários de emissões de gases com efeito de estufa e a evolução do clima; o planeta à procura de soluções para o desafio climático.

As observações obtidas através de um conjunto diversificado de meios tecnológicos permitem-nos perceber o impacto que a intervenção humana – sobretudo a indústria, os transportes e a desflorestação – têm tido na perturbação do sistema climático. Com recurso a fotografia aérea e a imagens históricas, esta exposição torna visível a evolução do degelo das calotes polares, as mudanças que têm vindo a ocorrer nos ecossistemas e o aumento da frequência e intensidade dos fenómenos extremos.

Revela também os cenários mais prováveis num futuro próximo, a manter-se a atual trajetória de aumento de população, consumo de energia e emissão de gases com efeito de estufa. Os modelos desenvolvidos preveem que o planeta aqueça quatro vezes mais rápido durante este século, em relação ao anterior. Quanto à subida do nível do mar, deverá acelerar três a cinco vezes, o que terá como resultado o desaparecimento das regiões costeiras mais baixas e mesmo de alguns pequenos países insulares.

As soluções tecnológicas, por si só, não serão suficientes para dar resposta ao fenómeno das alterações climáticas. Enfrentar este desafio sem precedentes requer uma mudança de paradigma económico e social. A CLIMA 360 dá algumas pistas sobre o tipo de estratégias que nos podem ajudar a reduzir emissões, de forma a mitigar os riscos, bem como a adaptar-nos aos impactos que são já irreversíveis.

 

Carla Gomes é aluna do Programa de Doutoramento em Alterações Climáticas e Políticas de Desenvolvimento Sustentável no ICS ULisboa e na Universidade de East Anglia.

Anúncios

Comentar / Leave a Reply

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s